Série de entrevistas Iniciação Científica Newton 20 anos: Thamires Amaral

08 de Abril de 2019, 10h48

S%c3%a9rie de entrevistas inicia%c3%a7%c3%a3o cient%c3%adfica newton 20 anos thamires amaral

Hoje é o último dia da série "Iniciação Científica Newton 20 anos". Foram duas semanas de entrevistas feitas com algumas das diversas mulheres de destaque da instituição, em específico na área de pesquisa. 

Fechamos a lista com Thamires Amaral, estudante do curso de Odontologia, que se interessa pela área de Periodontia. Confira a seguir!

 

O que você estuda? Já sabe em qual área irá se especializar?
Curso Odontologia e estou no 8° período. Tenho a intenção de me especializar na área de Periodontia.

Há quanto tempo você está envolvida em pesquisa?
Estou na área da pesquisa há um ano, desde que se iniciou o projeto de Iniciação cientifica do qual faço parte. A busca pela realização e aprovação do mesmo se iniciou no ano de 2017.

Você sempre se interessou pela área de pesquisa? Quando foi o “start”?
Desde pequena tive muita curiosidade e encantamento pelo mundo da pesquisa, das possíveis descobertas a serem realizadas, da possibilidade de responder questionamentos e, assim, poder ajudar as pessoas. Isso sempre me motivou muito. O início da graduação foi meu grande Start, poid foi à chance concreta de ingressar na pesquisa.

Qual pesquisa você está desenvolvendo no momento? Existe alguma que você considera mais relevante ou que tenha trazido mais realização para você?
Foi aprovado um novo projeto de pesquisa do qual farei parte, chamado "Estudo da Fisiopatologia da Artralgia da Articulação Temporomandibular (ATM)". O último trabalho no qual participei foi uma experiência incalculável pelo tanto de aprendizado que adquiri, considerando também a instituição parceira do meu projeto, o Instituto René Rachou. Ele me fez ver e viver a pesquisa em todos os ângulos pela importância de seus projetos. E foi a Newton que me possibilitou viver essa oportunidade única. 

Qual a sua perspectiva para ciência no futuro? 
Meu olhar para a ciência no futuro é de que se ganhe cada vez mais espaço para a busca de conhecimento, respeitando os limites humanos e ambientais; que se entenda, em um senso comum, a grande importância da mesma para a construção de uma sociedade mais equilibrada e com mais possibilidades. Acredito também que as mulheres estarão cada vez mais ingressadas neste universo, com mais oportunidades para expor suas ideias e ideais.

Deixe uma mensagem para as mulheres que querem seguir esses passos:
A grande questão é nunca desistir do que se almeja alcançar. Busque a oportunidade, faça acontecer. Encare todos os desafios, pois somos muito fortes, temos muita determinação e toda coragem necessária para vencê-los por simplesmente sermos mulheres.

 

 

Serviços Online

fechar