Roda de Conversa sobre emergências e desastres reúne 300 pessoas na Silva Lobo

26 de Março de 2019, 10h07

No dia 28 de fevereiro, o auditório do campus Silva Lobo ficou lotado em função de um evento especial. Um mês após a tragédia de Brumadinho, o curso de Psicologia realizou a roda de conversa "Psicologia de Emergências e Desastres: desafios contemporâneos em defesa dos direitos humanos", que atraiu 300 pessoas.

O objetivo era refletir sobre comunidades que se viram atravessadas por acontecimentos que mudaram a estrutura cotidiana e a história dessas pessoas, entre eles o ocorrido no municícpio próximo de Belo Horizonte em 25 de janeiro. Alexandre Brumas (psicólogo do CAPS Brumadinho), Lilian Garate (representante do Conselho Regional de Psicologia CRP), Elaine Loures (psicóloga formada na Newton, voluntária), Leonardo Teodoro (aluno de Fisioterapia e voluntário da ONG Nação) e Fabrício Ribeiro (professor de Psicologia na Newton) compartilharam a experiência de Brumadinho e discutiram a importância do acolhimento psicológico em emergências.

Eles ressaltaram, principalmente, a humanidade em um atendimento como esse. “Não é só o preenchimento de um formulário, você se envolve com a pessoa ali. Todos foram atingidos, inclusive quem prestou socorro”, relatou Loures. Os efeitos pós-tragédia também foram abordados. “Depois do episódio, o número de tentativas de suicido aumentaram. A saúde mental dos envolvidos fica abalada e precisa de acompanhamento”, observou Brumas.

Garate acrescentou que o acolhimento continuado das vítimas é essencial para evitar um dano futuro. “Nós consideramos o desastre em três partes: a 1ª é o episódio em si; a 2ª é a chegada massiva de apoio, que inevitavelmente consome os bens da comunidade (água, energia, internet); e a 3ª é o abandono súbito das equipes voluntárias, interrompendo o acompanhamento de maneira abrupta”, detalhou. A psicóloga ainda pontuou que cerca de 5% a 10% dos atingidos sofrem de estresse pós-tráumatico nesse tipo de episódio, mas que isso não significa que o restante dispensa tratamento.

Veja as fotos da roda de conversa no álbum a seguir.

 

 

Roda de conversa sobre emerg%c3%aancias e desastres re%c3%bane 300 pessoas na silva lobo

Serviços Online

fechar