Júri Simulado leva 200 alunos ao TJMG

12 de Novembro de 2018, 13h39

Na última sexta-feira (9), o curso de Direito compareceu em peso no Edifício Sede do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). Um grupo de 200 alunos, junto dos professores da Newton, Laura Maria Fernandes Lima e Ronaldo Braga, participou do Júri Simulado Medalha Nélson Hungria, por meio do programa Conhecendo o Judiciário.

O objetivo era apresentar aos estudantes a estrutura e o funcionamento do Poder Judiciário, as entidades parceiras e suas respectivas atribuições. Eles também conheceram algumas novidades que vêm aperfeiçoando a prestação jurisdicional, como o processo judicial eletrônico (PJe) e as práticas de conciliação. "O intercâmbio com o cotidiano da Justiça e o júri simulado propiciam aos alunos atividades práticas que contribuem para sua formação acadêmica e profissional e permitem que eles exercitem o Direito antes de entrar no mercado profissional", explica Laura, docente que também é assessora do Desembargador da 5ª Câmara Criminal, Pedro Vergara, que conduziu o júri.

Segundo o magistrado, esse tipo de atividade é muito relavante para a formação dos alunos. "Daí nasce a experiência do profissional. A doutrina é absorvida com maior proveito se, além de ler, observamos as pessoas desempenhando as funções e, posteriormente, exercitamos o que foi vimos. A interação com o outro consolida o aprendizado”, sintetiza.

O CEJU, por meio do seu Núcleo Criminal, foi o primeiro Centro de Exercício Jurídico a realizar um júri simulado no TJMG.

Criado em 1999 pelo TJMG, o programa Conhecendo o Judiciário visa criar canais efetivos de comunicação com a sociedade e suas atividades contemplam estudantes, grupos de terceira idade e participantes de grupos organizados da sociedade civil. Um total superior a 6,5 mil pessoas já foram atendidas por ele.

Confira AQUI outras notícias da Newton e o TJMG.

 

Com informações do TJMG

Fotos: Robert Leal/TJMG

 

J%c3%bari simulado leva 200 alunos ao tjmg

Serviços Online

fechar