Ex-aluno da Newton vence prêmio da CDL

22 de Novembro de 2017, 14h28

Ex aluno da newton vence pr%c3%aamio da cdl

A CDL/BH promoveu nos últimos meses a segunda edição do Programa Varejo Inteligente, que busca soluções para os principais desafios das empresas varejistas, por meio do desenvolvimento de startups e pela articulação com o ecossistema de empreendedorismo e inovação. Em 2017, Thiago Sousa, ex-aluno da Newton, foi um dos premiados!

Graduado em Engenharia Civil no ano passado, o profissional é o CEO da MoneyObra. O projeto nasceu como um Trabalho de Conclusão de Curso e evoluiu para uma plataforma, a partir da identificação de um oportunidade no varejo da construção. A principal fonte de receita do negócio é a comissão sobre as vendas realizadas. Este ainda conta com fontes recorrentes, como anúncios e campanhas específicas de lojas vinculadas à plataforma e de outros agentes da cadeia da construção civil, entre eles fabricantes de materiais e equipamentos, construtoras e incorporadoras.

O CNE tem sido primordial para o sucesso da startup de Thiago. No dia da sua Colação de Grau, ele foi ao Centro, apresentou a ideia e, depois disso, montamos um cronograma de mentorias para o seu desenvolvimento. Ajudamos também na elaboração do modelo de negócios, juntamente com mentorias contábeis do NPCONT, e auxiliando com os contatos de programas de aceleração do mercado. Atualmente, a startup integra o programa de aceleração Raja Valley.

"O MoneyObra é uma plataforma que proporciona conexão e vendas de produtos ligados à construção civil. Com ele, os pequenos empresários podem ter acesso a mais clientes, possibilitando, assim, o aumento do seu market share", explica Isis Boostel, professora e coordenadora do CNE.

Saiba mais sobre o projeto AQUI!

Um total de 20 startups foram selecionadas para dez semanas de pré-aceleração, as quais contaram com etapas de diagnóstico e mentorias, além de uma preparação para atuar junto ao comércio varejista. As cinco melhores startups da fase de pré-aceleração seguiram para a fase de incubação, onde receberam acompanhamento periódico da equipe da CDL/BH e mentorias específicas para crescimento do negócio. Um prêmio de R$ 10 mil foi dado a cada uma das selecionadas.


Serviços Online

fechar