Texto da Nova Previdência é apresentado no Congresso

26 de Fevereiro de 2019, 09h26

Texto da nova previd%c3%aancia %c3%a9 apresentado no congresso

Depois de muita espera, finalmente tornou-se conhecida a proposta da Nova Previdência. Entregue pelo presidente Jair Bolsonaro no Congresso Nacional na última quarta, 20 de fevereiro, ela traz definições a respeito da idade a partir da qual será possível requerer a aposentadoria – 62 anos para mulheres e 65 para homens – e o tempo mínimo de contribuição, que será de 20 anos para ambos os gêneros. A aposentadoria por tempo de contribuição deixa de existir, após um período de transição. Hoje, ela é de 30 anos para mulheres e de 35 anos para homens.

Há diferenças na lei de acordo com a ocupação. Homens e mulheres que trabalham no campo poderão se aposentar a partir dos 60 anos. Porém, o tempo mínimo de contribuição sobe de 15 para 20 anos. Professores também podem se aposentar com 60 anos, mas, para este grupo, o tempo mínimo de contribuição será de 30 anos.

Com a aprovação da proposta, a equipe econômica do governo estima que o Brasil terá oito milhões de empregos a mais entre 2020 e 2023, de acordo com estudo divulgado pela Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia. Na visão do coordenador dos cursos de Gestão EAD da Newton, Leandro Diniz, as mudanças trarão ganhos para o Brasil em um curto espaço de tempo. “Acredito que, no momento em que a proposta for aprovada, teremos um aumento do número de empresas interessadas em vir para o país. É o que chamo de onda de otimismo. Esta é uma das razões pelas quais eu acho que o modelo é positivo”, reflete.

O coordenador acredita que o texto apresentado pelo presidente da República ainda sofrerá alterações. Mas um aspecto pode ser dado como certo: é de interesse do governo manter a população economicamente ativa por mais tempo no mercado de trabalho. E a tendência é que este aumento seja crescente, uma vez que a idade mínima para aposentadoria deve subir novamente em 2024. A partir disto, ela será revista a cada quatro anos, sempre considerando a expectativa de vida dos brasileiros.

O cenário traz duas implicações importantes: a primeira delas é que os jovens profissionais podem demorar mais para chegar a cargos elevados, uma vez que o número de vagas permanecerá ocupada por mais tempo. A outra é a necessidade de planejar a contribuição, de modo a manter uma renda equivalente quando chegar a hora de se aposentar. “Nesse sentido, o meu conselho para aqueles que estão chegando agora ao mercado de trabalho é um só: invistam em educação financeira. É preciso pensar à frente, em um prazo de 30 anos, para entender quanto precisou poupar para manter o ganho que deseja ter no futuro. Tal cuidado é fundamental”, orienta Diniz.

Leia matéria do G1 e veja, quadro a quadro, as alterações propostas pela equipe de governo.

Oportunidade

É oportuno saber que a Newton está com inscrições abertas para dois cursos livres que podem contribuir – e muito – com o seu futuro. O primeiro deles, “Gestão Financeira e Análise de Produtos Bancários”, com início previsto para 23 de março, tem como objetivo proporcionar conhecimentos essenciais dos produtos bancários, bem como saber investir em aplicações financeiras que vão muito além da tradicional poupança. Tudo isso de forma a permitir a identificação do que realmente é melhor para o cliente e não para a instituição financeira na tomada de decisão. Informações sobre conteúdo programático e investimento podem ser encontradas aqui.

Outra opção é o curso “Mercado de Capitais e Tipos de Investimentos”, cujas inscrições podem ser feitas aqui. Com 30 vagas, a especialização tem como objetivo apresentar os princípios básicos do mercado de capitais, sua evolução e os tipos mais comuns de investimento na bolsa, expondo suas implicações, aplicações e tendências, unindo teoria e prática. As inscrições podem ser feitas até 29 de março, e as aulas têm início no dia 30.

 

 

Últimas notícias da categoria De olho na carreira

De olho na carreira
19/03/2019
Descubra como superar o medo de escrever

Descubra como superar o medo de escrever

Serviços Online

fechar