Quatro dicas para conseguir conversar com qualquer pessoa em diversas situações

09 de Abril de 2019, 09h01

Quatro dicas para conseguir conversar com qualquer pessoa em diversas situa%c3%a7%c3%b5es

Iniciar uma conversa pela primeira vez ou, até mesmo, puxar assunto com alguém durante aquele momento de silêncio constrangedor é algo bem difícil, não é mesmo? E nós sabemos o que, independente do ambiente em que você esteja – trabalho, reunião de amigos, faculdade – o primeiro passo em uma conversação é decisivo para que o papo flua.

Além disso, existem muitas pessoas que não conseguem dar prosseguimento em uma conversa e o assunto teima em acabar de uma hora para outra, deixando um clima sem graça entre os interlocutores.

Com base na publicação do articulista Bernard Marr no LinkedIn, denominada How to Start a Conversation with Absolutely Anyone (Como começar uma conversa com qualquer pessoa), preparamos algumas dicas que vão ajudá-lo a driblar essas situações embaraçosas:

 

Seja direto (a) e perceba a situação
Está mais que comprovado que fazer comentários sobre o clima ou sobre a partida de futebol dos times locais são estratégias erradas para criar uma conversação duradoura, certo? Então, sem enrolações, busque iniciar um assunto que seja condizente com o local e com a situação que estão vivenciando, usando a circunstância e o local a seu favor.

Dê valor à opinião das pessoas e ouça
A pessoa que é ouvida com atenção pelo seu interlocutor acaba desarmada de alguma possível restrição em relação àquela conversação. Além disso, todo mundo tem uma opinião sobre um filme, uma série ou uma música, e são esses assuntos mais leves e divertidos que abrirão caminho para consolidação daquele bate-papo. Pedir um conselho sobre um acessório ou roupa que você está usando também cria uma relação de confiança com a pessoa com quem se está conversando e pode ser uma boa estratégia.

Faça perguntas fáceis de responder e que gerem uma nova pergunta
Mesmo que você saiba que a pessoa com quem está dialogando tem expertise em algum assunto específico que seja mais complexo, inicie a conversa com perguntas pouco complicadas de responder. Pedir logo de cara uma resposta muito elaborada pode causar estranhamento e desconfiança. Mas cuidado: perguntas cujas respostas são simples, como sim ou não, não ajudam muito na hora de manter uma conversação mais longa e interessante.

Fique atento (a) às oportunidades
Todo mundo tem alguns assuntos dos quais gosta mais de falar. Preste atenção às deixas que a pessoa dá sobre temas corriqueiros, como filhos, animais de estimação ou hobbies, e aproveite para engatar um papo sobre eles. Se for alguém que você já conhece, fica ainda mais fácil falar sobre assuntos que ambos gostam. Por exemplo, se você tem conhecimento que seu chefe ou um colega de trabalho curte andar de bicicleta ou correr, engate logo um assunto sobre o esporte.

 

E você, em quais situações se sente menos confortável em iniciar ou manter uma conversa? Conte para nós, enviando um e-mail para blog@newtonpaiva.com.br.

 

 

Últimas notícias da categoria De olho na carreira

Serviços Online

fechar