Foresight Estratégico: uma técnica que vem crescendo dentro das empresas

12 de Abril de 2019, 09h56

Foresight estrat%c3%a9gico uma t%c3%a9cnica que vem crescendo dentro das empresas

Em um mercado extremamente volátil e competitivo, com empresas atuando no mercado de forma cada vez mais agressiva, desenvolver e implementar novas ferramentas é algo extremamente positivo, sejam elas relacionadas ao público interno ou externo. Por isso, vem crescendo a aderência ao chamado Foresight Estratégico. Se você não faz a menor ideia do que estamos falando, fique calmo que já vamos explicar.

Também conhecido pelos gestores como “Prospectiva Estratégica” ou “Previsão Estratégica”, é um conjunto de técnicas de gerenciamento empresarial que traça os diferentes cenários para o futuro da organização e analisa aqueles mais prováveis. Essas técnicas gerenciais são relativamente recentes e ajudam os gestores a lidarem com as incertezas do mercado e a capitalizar as mudanças que ocorrerão nos cenários previstos.

“É possível traçar estratégias para qualquer tipo de negócio. Todos os segmentos empresariais necessitam de um planejamento estratégico de médio e longo prazos, e o estabelecimento de estratégias não só é possível, como é fundamental para a sobrevivência e crescimento de uma organização”, explica o professor de Administração da Newton, Lúcio Flávio Bicalho.

O processo de previsão é simples em seu conceito e, com o auxílio da tecnologia, pode ser realizado de forma automatizada, em apenas três etapas:

Pesquisa: quando ocorre a coleta dos dados relevantes para o processo;
Imaginação: momento em que ocorrem as diversas especulações sobre as perspectivas futuras (cenários futuros);
Implementação: momento em que é escolhida uma perspectiva (cenário) para a elaboração de uma estratégia de ação para a empresa ou para um projeto específico.

Embora aparentemente fácil, Bicalho chama a atenção para um cuidado importante ao se adotar o procedimento: “Para traçar corretamente um modelo futuro de sucesso, é necessário que ocorra uma boa coleta de dados e uma boa análise dos mesmos”, aconselha.

Entre os benefícios trazidos pelo Foresight Estratégico estão: auxílio na tomada de decisões estratégicas, obtenção de uma visão clara do negócio e do mercado de atuação, redução dos efeitos indesejáveis de condições e mudanças adversas, identificação dos problemas antes que eles ocorram e possibilidade de correção de rotas na gestão da organização, identificação dos melhores parceiros e fornecedores, fortalecimento da aprendizagem estratégica e aumento das chances de sucesso da empresa.

O professor ainda dá dicas para quem já quer chegar no mercado pronto para implementar ou contribuir para o desenvolvimento desta estratégia nas empresas: “É preciso ser capaz de reconhecer e definir problemas, equacionar soluções, pensar estrategicamente, introduzir modificações no processo produtivo, atuar preventivamente, transferir e generalizar conhecimentos e exercer, em diferentes graus de complexidade, o processo da tomada de decisão”, explica. “É fundamental ainda desenvolver raciocínio lógico, crítico e analítico para operar com valores e formulações matemáticas presentes nas relações formais e causais entre fenômenos produtivos, administrativos e de controle, bem como expressar-se de modo crítico e criativo diante dos diferentes contextos organizacionais e sociais. Além disso, é o profissional que deve desenvolver capacidade para elaborar, implementar e consolidar projetos em organizações; projetar ações de intervenção, quando necessário, e propor soluções para situações-problema”, aconselha.

Gostou das dicas do Lúcio? Compartilha sua opinião com a gente pelo blog@newtonpaiva.br!

 

 

Últimas notícias da categoria De olho na carreira

Serviços Online

fechar