Estudar Direito é conhecer e compreender a sociedade

15 de Maio de 2020, 17h27

Você tem interesse em cursar a graduação em Direito? Já parou para pensar que a carreira jurídica é muito mais do que interpretar leis? E como o estudante de Direito pode contribuir para ajudar a sociedade a manter a harmonia social?

Nesta entrevista para o Newton Carreiras, as professoras Valéria Edith Carvalho de Oliveira e Sabrina Torres Lage Peixoto de Melo, coordenadoras do curso de Direito da Newton, refletem sobre o perfil do estudante, habilidades e competências que devem ser desenvolvidas durante o curso e outras experiências relevantes para a formação. As docentes tratam também da consciência cidadã e da contribuição do estudante para a valorização da igualdade e da democracia.

Newton Carreiras: Por que estudar Direito é conhecer e compreender a sociedade?

Valéria Edith Carvalho de Oliveira: Porque é na sociedade que acontecem os processos de transformação da realidade social e da justiça. E a justiça é o valor que deve iluminar todo o campo do Direito.

NC: Qual é o atual perfil do estudante de direito?

Sabrina Torres Lage Peixoto de Melo: O estudante de Direito sabe falar, ouvir, negociar, mediar conflitos, dialogar. É uma pessoa com empatia, interesse pelo estudo contínuo, vontade de vencer, questionadora e com espírito empreendedor.

NC: Que habilidades e competências o graduando em direito deve buscar desenvolver durante o curso?

Valéria de Oliveira: No curso de Direito da Newton, o aluno deve desenvolver uma série de competências e habilidades, tais como formação humanística e técnico-jurídica; senso ético e profissional; capacidade de apreensão, transmissão crítica e produção criativa; competência para equacionar problemas e buscar soluções; habilididade de prevenir e solucionar conflitos; visão atualizada de mundo; prática de leitura, de pesquisa, de compreensão e elaboração de textos e aplicação do Direito; atuação técnico-jurídica, em diferentes instâncias; uso de raciocínio jurídico, de argumentação, de persuasão e de reflexão crítica para o julgamento e tomada de decisões; e o domínio de tecnologias e métodos de aplicação do Direito.

NC: Que outras experiências, além da acadêmica, são importantes para o estudante de direito?

Sabrina de Melo: A completa formação acadêmica do aluno de Direito deve atender ao tripé ensino, pesquisa e extensão por meio da participação em projetos, estágios, monitorias, iniciação científica, pesquisa, produção de artigos científicos e trabalhos voluntários em sua área de interesse.

NC: Como trazer à tona a consciência critica cidadã para o graduando de direito?

Valéria de Oliveira: O estudante de Direito deve estar atento às transformações sociais, econômicas, tecnológicas e políticas do Brasil e do mundo, de forma e modo a desenvolver capacidade analítica e crítica dos fatos, contribuindo para o fortalecimento da democracia e das bases da nossa sociedade.

NC: Como o estudante de direito pode contribuir para a valorização da igualdade e da democracia?

Sabrina de Melo: O estudante do Direito favorece e possibilita a promoção da igualdade e da justiça social, sendo um instrumentalizador, para o Estado Democrático de Direito. Contribui enquanto estagiário ou participante ativo de projetos que defendam a ordem jurídica, a cidadania, a dignidade humana, bem como, dos valores sociais maiores e ideais da justiça.

Conheça agora mesmo o Curso de Direito da Newton clicando AQUI!

Istock 1158703224

Últimas notícias da categoria De olho na carreira

De olho na carreira
21/05/2020
Istock 1154126998

O que significa sucesso para você?

Receba novidades sobre Carreiras

Serviços Online

fechar