Estímulo à descontração ajuda a impulsionar a produtividade

10 de Abril de 2019, 09h08

Est%c3%admulo %c3%a0 descontra%c3%a7%c3%a3o ajuda a impulsionar a produtividade

Observe o ambiente onde você trabalha. Repare no espaço que você, seus colegas e superiores ocupam. Já parou para pensar o quanto a divisão dos espaços pode expressar uma representação de poder?

Ainda hoje, em alguns ambientes organizacionais, é comum se deparar com uma divisão hierárquica espacial, ou seja, aqueles que ocupam os cargos de chefia contam com sala maiores e móveis melhores. Esse tipo de demonstração de prestígio dentro da empresa pode acabar sendo prejudicial para a rotina dos processos. Os outros colaboradores podem se sentir intimidados, criando barreiras físicas e psicológicas na equipe e dificultando a interação e solução de possíveis problemas.

Este cenário, somado a uma cultura organizacional defasada, pode influenciar e prejudicar a produtividade. Por outro lado, um ambiente prazeroso e descontraído afeta positivamente o empenho apresentado nas tarefas realizadas pela equipe, tornando-a mais proativa e criativa.

Um estudo realizado pelo Portal Trabalhadores.com aponta que 52% dos entrevistados buscam motivação no ambiente de trabalho, assim como a relação interpessoal entre colegas e líderes. Mas é preciso ter cuidado na hora de repaginar o local de trabalho. Não adianta simplesmente criar espaços de lazer e ludicidade nas áreas comuns; a mudança precisa ser natural ou não será bem recebida.

Em entrevista para a Época Negócios, Milton Beck, diretor geral do LinkedIn na América Latina, defende que quebrar barreiras ajuda na produtividade dos funcionários. Ele mantém como hábito um almoço com os novos colaboradores da empresa. Durante esse encontro, Beck conduz uma dinâmica em que cada um se apresenta, contando algo sobre si que não está em seu perfil do LinkedIn, e indica uma série de TV. É uma oportunidade para que estas pessoas deixem claro o que esperam da empresa, reforçando a política de portas abertas adotada pela instituição. "Quanto menos barreiras, há também menos problemas passando despercebidos", conta.

No mesmo bate-papo, Milton ressalta que desenvolver uma política de estímulo à diversidade é uma atitude estratégica para a empresa, pois uma instituição que não tem em seu time colaboradores que representam a sociedade da porta pra fora, as chances de tomar decisões equivocadas é maior. No LinkedIn, existem grupos formados por pessoas com deficiência, negros e LGBTTQI+, com o intuito de instruir os colegas de trabalho e levantar discussões.

É importante salientar que a mudança da cultura organizacional e criação de um ambiente descontraído dependem da postura do gestor. Ele deve ser um exemplo para equipe, demonstrando as características que espera de seus colaboradores.

Para gerir um time e mantê-lo harmônico é preciso investir em algumas soft skills. A primeira delas é priorizar as conversas face a face. Por causa dos aplicativos de comunicação e e-mails, esse tipo de conversa está cada vez mais escassa no ambiente de trabalho. Ser acessível e interagir pessoalmente com seus funcionários ajuda a estreitar relacionamentos, aumenta a confiança e evita desentendimentos e interpretações equivocadas.

A segunda é manter canais de comunicação na organização. Os colaboradores se sentem mais importantes quando sabem o que se passa dentro da empresa e quando são questionados sobre a sua opinião. Para isso, é importante realizar pesquisas internas, reuniões e investir em uma política de ‘portas abertas’.

A terceira é ser condizente com o que quer ouvir. Se o gestor se aproxima de sua equipe e cria canais de comunicação, ele precisa estar ciente de que será necessário ouvir as opiniões dessas pessoas e agir de acordo com os feedbacks recebidos. Se seus funcionários sabem que nada será feito sobre o que foi dito, ele vão gradativamente parar de falar com o gestor.

E você, atua em um ambiente de trabalho que estimula a diversidade e a interação entre os membros da equipe? Que estratégias a empresa utiliza para estimular a criatividade? Compartilhe com a gente pelo blog@newtonpaiva.br.

 

 

Últimas notícias da categoria De olho na carreira

Serviços Online

fechar