Descubra como treinar a mente para acelerar seu aprendizado

29 de Abril de 2019, 09h24

Já reparou na quantidade de informação que você recebe todo dia? Do trabalho, da faculdade, da família e também do celular, do computador, da televisão e das redes sociais? Como é possível dar conta disso tudo e ainda não perder o rendimento nos estudos?

Se você quer ter um aprendizado mais ágil e eficiente, saiba que é possível treinar a mente para obter melhores resultados nos estudos. Marley Marques Zeferino, psicóloga e profissional responsável pelo NAPp (Núcleo de Apoio Psicopedagógico) da Newton - campus Silva Lobo, dá dicas de como acelerar o aprendizado.

“Com treino, exercícios repetitivos e busca por novos estímulos, podemos desenvolver novos hábitos que expandem nosso poder de raciocino e aprendizagem. O cérebro gosta de desafios e novidades, isso o deixa mais ativo, tornando os processos de aprendizagem mais rápidos”, explica Marley.

A psicóloga aponta estratégias para ter um melhor aproveitamento dos estudos. “Ao assistir as aulas, preste o máximo de atenção e anote poucas coisas. Se desafie a criar um esquema ou resumos dos conteúdos após a aula, forçando a sua memória recuperar o que foi aprendido antes. Este exercício de tentar recuperar, estimula a memorização dos conteúdos, além de facilitar a conexão dos novos conhecimentos com outros aprendidos anteriormente”, destaca.

Outra boa estratégia é a utilização de mapas mentais. “Faça um esquema, resumo, ou mapa mental, e explique em voz alta, como se estivesse explicando para alguém. Quando fazemos isso, potencializamos nosso aprendizado pois estimulamos várias partes do cérebro ao mesmo tempo: visão, tato, fala, audição, raciocínio. Além de que, se somos capazes de explicar de forma simples e com exemplos, significa que realmente aprendemos”, ressalta Zeferino.

Outra dica preciosa é estimular o cérebro antes de assistir uma aula ou começar a aprender um novo conteúdo. “Resolva uma questão ou exercício sobre o assunto, ou mesmo pesquise alguma curiosidade sobre o tema. Isto deixa o cérebro estimulado, facilitando o foco e atenção nas aulas ou nos estudos. Deste modo, durante a aula, conseguirá manter mais atenção pois o cérebro identifica que já tem algum conhecimento sobre o assunto”, esclarece a psicóloga.

Dessa forma, é possível superar os bloqueios para com determinadas disciplinas. “Quando estranhamos ou não reconhecemos o que o professor está ensinando, tendemos a julgar que é mais difícil e trabalhoso, ficando então com “preguiça” ou achando que não vamos conseguir aprender. Não se preocupe em acertar os exercícios, mas verifique depois se suas respostas estão corretas ou erradas. Quando corrigimos ou identificamos um erro, não nos esquecemos mais”, frisa Zeferino”.

Uma rotina de estudos também é essencial para acelerar o aprendizado. “Crie uma rotina, poucas horas de estudos por dia já ajudam muito. A repetição deste hábito facilita novos aprendizados. Crie um cronograma praticável e defina antes o que irá estudar. Faça pequenas pausas durante o tempo de estudo e se possível, estude assuntos diferentes no mesmo dia. E claro, tente colocar os tempos de estudos nos períodos e horários que percebe ter mais facilidade de se concentrar. Cada pessoa tem seu biorritmo. Respeite o seu”, enfatiza Marley.

Essas dicas podem funcionar com qualquer tipo de pessoa. Mas é sempre importante perceber como você reage a estímulos novos e como aprende e compreende melhor o que estuda. O importante é explorar o seu maior “canal” de percepção de estímulos durante os estudos.

“Tem pessoas que precisam escrever mais durante os estudos ou aula para ajudar na memorização. Mas evite transcrever tudo o que escuta, tente escrever o que compreende. Outras já se percebem mais atentas ao que escutam, então devem procurar locais com menos barulho para estudar. As mais visuais devem criar esquemas mais limpos e objetivos, utilizar mais cores e imagens ao estudar”, orienta a psicóloga.

Existem na internet testes online e vídeos que ajudam a identificar qual o seu perfil. Caso ainda não tenha descoberto o seu, pesquise sobre o assunto e faça algum destes testes.

Quer deixar seu processo de aprendizado ainda mais interessante: Mantenha seu cérebro sempre ativo! “Leia assuntos diversos, procure aprender coisas novas, assista a filmes e documentários sobre assuntos de seu interesse e sobre o que precisa estudar. Isso torna o processo de aprendizagem mais interessante” afirma Zeferino.

E você, tem estratégias bem-sucedidas para acelerar o aprendizado? Compartilhe com a gente!

Como estudar para concurso

Últimas notícias da categoria De olho na carreira

De olho na carreira
21/05/2019
Teste

Conheça o Movimento "Maio Amarelo"

Receba novidades sobre Carreiras

Serviços Online

fechar

Enem Novos cursos Indicacao