Competência Essencial: 5 dicas para melhorar sua comunicação

02 de Agosto de 2019, 16h12

Com as rápidas transformações do mercado e um mundo altamente competitivo, ser capaz de aprender novas habilidades é uma das fórmulas para o sucesso. Profissionalmente, as pessoas podem se diferenciar de várias maneiras, seja pela criatividade, capacidade de gerir pessoas, foco na resolução de problemas, entre tantas outras habilidades requisitadas pelas empresas. A boa comunicação, por exemplo, é uma dessas competências tão valorizadas nesse cenário de ascensão na carreira.

E aí, você sabe se comunicar bem? O site Vagas Profissões destaca 5 ações para melhorar essa competência. Afinal de contas, quando dialogamos corretamente, as pessoas evitam atritos, facilitam o fluxo de informações e até mesmo conseguem o que desejam com mais facilidade. Confira as dicas para melhorar sua habilidade em comunicação:

Saiba quando e como se posicionar:

Comunicar-se bem significa entender o ambiente, interpretar as situações e saber fazer uma colocação. Expor uma opinião pode ser importante sim, mas a barreira entre se colocar e se expor ou “falar abobrinha” precisa ser considerada. Aliás, muitas vezes ouvir o outro ou ficar em silêncio pode fazer toda a diferença. Nós também nos comunicamos em silêncio, mas de forma mais sutil. Nosso corpo fala, assim como nossos gestos e nossa energia, por exemplo.

Saiba com quem está falando:

Cada público tem as suas peculiaridades e, por isso, é importante reconhecer as diferenças entre comunicar com seus amigos, com sua família ou com seu chefe, por exemplo. Tenha em vista suas mensagens-chave e as adeque de acordo com o público-alvo, investindo mais ou menos energia, adotando desdobramentos mais complexos ou mais simples e abordagens mais sérias ou mais descontraídas.

Seja prático:

Lembre-se que menos é mais. Quanto mais simples for sua comunicação, melhor. Isso não significa que a pessoa deve padronizar a comunicação, mas sim mirar corretamente. Saiba o que você busca e deixe à mão tópicos, números, informações atualizadas e até mesmo metáforas. Quando puder, inclusive, transforme seu conteúdo em uma história – isso ativa o cérebro, é envolvente e estimula a memorização.

Treine:

Saber se expressar de forma clara é mais fácil para algumas pessoas, mas pode ser resultado de treino e dedicação. Quanto mais confortáveis nos sentimos com um assunto, mais fácil fica falar sobre ele. Por isso, faça um mapa mental e organize sua mente antes de se comunicar – seja oralmente, via e-mail ou telefone. É importante estudar e praticar, fazer perguntas e entender o que será comunicado. Nesse treino também é importante perceber onde é possível melhorar, que vocabulários vale a pena buscar, que postura e tom de voz vale assumir. Cada detalhe é (muito) importante.

Aceite outras ideias:

Saiba que a sua opinião não é o centro do mundo e nem necessariamente correta. É uma verdade difícil de admitir e muito desafiadora. Abrir a cabeça para aprender, desaprender e reaprender é um passo mais maduro para refinar sua comunicação. Além disso, as pessoas precisam praticar a empatia ao invés de ditar, julgar ou condenar. A comunicação mais assertiva é aquela “menos cega”, que considera e reconhece a opinião do outro.

Tenha em mente que não há mágica para se tornar um bom comunicador, mas um bom comunicador consegue fazer mágicas.

Anotou? Com essas dicas, ficará cada vez mais fácil conquistar o seu espaço dentro e fora do ambiente de trabalho.

Istock 674302944

Últimas notícias da categoria De olho na carreira

De olho na carreira
21/05/2020
Istock 1154126998

O que significa sucesso para você?

Receba novidades sobre Carreiras

Serviços Online

fechar